OK
 
By TAG Heuer, TAG HEUER TEAM —  18 Oct 2017

A CARRERA PANAMERICANA COMEMORA SEUS 30 ANOS

A suprema corrida Carrera Panamericana comemorou seu aniversário de 30 anos com a dupla de pilotos da TAG Heuer Hilaire e Laura Damiron. Reviva a corrida.

CARRERA PANAMERICANA, A CORRIDA SUPREMA

A DUPLA DE PILOTOS DA TAG HEUER TERMINA EM 2º NA CARRERA PANAMERICANAmobile_title_border

Depois de 7 dias ao longo de 3 mil km nas estradas mexicanas mais árduas e empolgantes, 158 competidores dentre 170 cruzaram a linha de chegada em Durango. Hilaire e Laura Damiron, campeões em 2016 e amigos da marca TAG Heuer, chegaram em 2º lugar após vencerem três etapas com seu carro “El Comander”, um Studebaker Commander de 1954.

Considerada uma das mais perigosas do mundo, a corrida lendária personifica o espírito #DontCrackUnderPressure da TAG Heuer. Inaugurada em 1950 na Rodovia Pan-Americana, no México, a corrida Carrera Panamericana foi reativada em 1988, depois de 33 anos sem ser realizada, como um rali para carros esportivos clássicos fabricados antes de 1955.

O histórico de cooperação entre a TAG Heuer e a “Pan-Am” data de mais de 50 anos. Em 1963, a partir da paixão pelo esporte automobilístico, Jack Heuer lançou o que se tornaria a base da identidade da TAG Heuer, a famosa coleção Carrera.

Um cronógrafo revolucionário e robusto, criado especialmente para pegar a estrada. Após mais de 10 gerações do Carrera, a relojoaria suíça manteve uma forte conexão com a lendária corrida mexicana, que atraiu diversos ex-pilotos de Fórmula 1 e celebridades como Juan Manuel Fangio.

Para comemorar 30 anos de paixão e empenho constante, a TAG Heuer lançou o Mexico Angel Edição Limitada: um Carrera automático de 45 mm com uma pulseira em borracha preta, mostrador em opalina preta, caixa em aço escovado com revestimento em PVD preto e um bezel em cerâmica preta com detalhes em vermelho e a inscrição “Mexico”.