OK
 
By TAG Heuer, TAG HEUER TEAM —  07 Nov 2017

UMA NOVA EDIÇÃO LIMITADA PARA RECORDAR O “EL MAESTRO” FANGIO

Em comemoração do aniversário de 60 anos da 4ª vitória consecutiva de Juan Manuel “El Maestro” Fangio no Campeonato Mundial de Pilotos, a TAG Heuer apresenta um novo TAG Heuer Formula One Fangio Edição Limitada.

mobile_title_border

Juan Manuel Fangio marcou a corrida automobilística como poucos conseguirão. O lendário argentino venceu o Campeonato Mundial de Pilotos da Fórmula 1 cinco vezes durante a década de 1950, estabelecendo um recorde que durou 47 anos até ser finalmente quebrado em 2003.

A TAG Heuer comemora esse marco importante da história da corrida com uma nova edição limitada para celebrar as conquistas de Juan Manuel Fangio: um cronógrafo Formula One com uma faixa de corrida nas cores da Argentina no mostrador e a distinta assinatura de Fangio no fundo da caixa de 43 mm.

Sessenta anos após a quarta vitória consecutiva de Juan Manuel “El Maestro” Fangio no Campeonato Mundial de Pilotos de 1957, o relógio foi lançado em Londres na J.D. Classics, renomada revendedora e restauradora de carros históricos, exibindo uma peça das lembranças de Fangio - um Jaguar C-Type de 1952.

Christian Horner OBE, diretor da equipe Red Bull Racing de Fórmula 1, compareceu ao evento de lançamento, participando de uma sessão de perguntas conduzida pelo locutor e jornalista James Allen sobre a emoção das corridas automobilísticas e as personalidades que moldaram o esporte.

Fangio começou como piloto de corrida profissional relativamente tarde e fez sua estreia na competição em 1938. Ele logo se tornou um mestre dos eventos de resistência da América do Sul - incluindo a famosa Carrera Panamericana no México, que, anos mais tarde, serviria de inspiração para Jack Heuer na criação da coleção Carrera.

As habilidades no volante de Juan Manuel possibilitaram que ele vencesse o seu primeiro campeonato de Fórmula 1 em 1951. Em 1953, Fangio venceu a corrida novamente. Diz a lenda que ele estava usando um relógio Heuer no pulso. Ele então conquistou seu quarto título com a Ferrari em 1956 e o seu quinto no ano seguinte com a Maserati, antes de se aposentar em 1958 com 24 vitórias no Campeonato Mundial do Grand Prix entre 52 largadas - ainda a porcentagem mais alta na história da Fórmula 1.

A edição TAG Heuer Formula 1 Fangio terá 900 relógios limitados disponíveis e conta com uma pulseira em aço combinando.

 

UMA NOVA EDIÇÃO LIMITADA PARA RECORDAR O “EL MAESTRO” FANGIO

AS MELHORES FOTOSmobile_title_border