POR DENTRO DA MANUFATURA

CONFIRA A SÉRIE DE 60 TESTES DA TAG HEUERmobile_title_border

 

01. ANÁLISE DOS MATERIAIS E REVESTIMENTO METÁLICO 

Todas as ligas e revestimentos decorativos em metais preciosos são sistematicamente testados. A análise de fluorescência por raio X testa o conteúdo dos elementos preciosos (quilates) e a espessura dos revestimentos. Realizamos testes separados e em conjunto para obter uma imagem realista daquilo a que o relógio está sujeito diariamente. Este procedimento é totalmente novo na relojoaria.

 

02. RESISTÊNCIA À FRICÇÃO

Os relógios TAG Heuer destinam-se a acompanhar o seu proprietário em todas as aventuras da vida. Por esta razão, a marca realiza testes de desgaste acelerado nas caixas e nas pulseiras de modo que, se necessário, o revestimento de uma caixa ou de uma pulseira em metal possa ser modificado para aumentar a sua resistência à fricção.

 

03. RESISTÊNCIA AO USO E DESGASTE

Todas as funções do relógio passam por estes testes que reproduzem não só os movimentos cotidianos do utilizador como também os acidentes típicos. O bezel rotativo, a coroa e os botões de pressão passam por mais de 5 mil ciclos de teste, o equivalente a vários anos de utilização em condições normais.

 

04. RESISTÊNCIA AOS CHOQUES

Na vida diária ou durante a prática de um esporte, é fácil esquecer que estamos usando um relógio. Basta um movimento rápido e repentino para que o relógio esbarre em algo duro. Para que o relógio resista aos choques, a TAG Heuer desempenhou rigorosos testes em máquinas que reproduzem as ondas de choque de um impacto significativo. O relógio testado não deverá exibir sinais de danos mecânicos.

 

05. RESISTÊNCIA À VIBRAÇÃO

Num carro de Fórmula 1, numa moto ou mountain bike, os relógios de pulso estão sujeitos a movimentos breves, repetitivos e uma intensa vibração. Para testar a robustez, precisão e integridade dos seus relógios sob estas condições, a TAG Heuer desenvolveu uma máquina que reproduz esta vibração a um nível bem acima do normal. O teste não deverá afetar o funcionamento do relógio, dos seus componentes, da pulseira, dos parafusos.

 

06. RESISTÊNCIA À TRAÇÃO

O simples fato de colocar e retirar um relógio desgasta a fivela de uma pulseira em couro ou o fecho de uma pulseira em metal. A TAG Heuer submete as fivelas e os fechos a uma tração de 15 a 20 Kg durante 5 mil ciclos, e a um teste de torção sob tensão. Para serem aprovados, nenhum componente deverá exibir sinais de deformação permanente nem rasgar.

 

07. RESISTÊNCIA AO AMBIENTE EXTERNO

Cloro, enxofre, transpiração e sal marítimo podem atacar os materiais do relógio ou reduzir a mobilidade de determinados componentes. A TAG Heuer testa as caixas, coroas, pulseiras em metal, couro e borracha, para assegurar sua resistência a elementos potencialmente prejudiciais e garantir que elas não sejam nocivas à pele. Apenas os materiais que cumprem com os padrões da marca são aprovados para uso.

 

08. RESISTÊNCIA A TEMPERATURAS EXTREMAS

A temperatura de um relógio exposto ao sol durante um longo período pode exceder os 40°C, enquanto que no inverno, ela pode descer abaixo de zero. Por esta razão, os componentes individuais bem como os relógios, em sua totalidade, são testados, particularmente em condições tropicais, para garantir que funcionarão correta e rigorosamente entre 0°C e 50°C.

 

09. RESISTÊNCIA AOS RAIOS UV 

O calor e a luz costumam prejudicar o plástico, o verniz e o couro. O laboratório de qualidade da TAG Heuer realizou testes para verificar a estabilidade destes materiais ao longo do tempo: eles são expostos a uma luz equivalente à luz do sol forte de verão durante três dias completos para garantir a total fiabilidade de todos os materiais utilizados em todas as latitudes e em todas as estações.

 

10. RESISTÊNCIA À ÁGUA

A resistência à água de um relógio esportivo permite proteger os componentes, reduzindo a necessidade de manutenção e prolongando a vida do movimento. A TAG Heuer testa a resistência à água e à pressão da totalidade da sua produção. O cronógrafo profissional de mergulho, o Aquaracer 500M, também passa por um teste especial para verificar se os seus botões de pressão são resistentes à água e operacionais até 500 m de profundidade. Este procedimento exigiu a criação de um equipamento específico de teste.

RELÓGIOS SOB PRESSÃOmobile_title_border

QUALIDADE

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DEmobile_title_border

Paramètres des cookies