21 JUL. Leonardo Dicaprio promovendo seu novo filme ORIGEM...

Durante o evento, Jack Heuer fez o seu discurso diante de mais de 300 pessoas VIP, que vieram conhecer a exposição de nossos produtos históricos e atuais, que vão da época do Time of Trip ao Pendulum: "Durante meus anos no comando da empresa, eu consegui, assim como meu pai e meu avô, transformar essa tão respeitada fabricante de relógios especialistas em uma marca muito conhecida. Eu tenho aqui comigo que várias de minhas iniciativas e produtos construíram uma sólida base, para que meus sucessores fossem capazes de construir a partir desta base o agora mundialmente famoso e reconhecido líder de relógios esportivos de luxo - a TAG Heuer! Eu tenho, então, que cumprimentar meus sucessores pelo seu extraordinário esforço e, acima de tudo, meu cumprimento vai para a equipe inteira da TAG Heuer, que, desde a nova direção da LVMH com nosso Diretor Executivo Jean-Christoph Babin e com Giorgio Sarne na direção aqui no Japão, tem feito da TAG Heuer um pilar, mundialmente famoso e reconhecido, da indústria de relógios suíça!"

Ele também lembrou a primeira viagem que fez ao Japão: "Eu já vim ao Japão bem mais do que doze vezes em minha vida, mas eu nunca esquecerei da minha primeira visita em 1972, quase 40 anos atrás. Para aprender mais sobre o seu país, visitei, acompanhado pelo vendedor local da Desco - nosso exclusivo Importador/Agente naquele tempo - alguns de nossos clientes de varejo em Hokkaido. Foi quando aprendi a dormir no chão, em colchões que se guardam no teto, a tomar banho quase nu em fontes termais públicas e até beber o sangue quente de uma cobra venenosa antes de comê-la grelhada".



O artista Shonosuke Okura diverte os convidados com um tambor japonês. O legado da família Okury tem sido passado de geração em geração desde o século XIV como uma das famílias musicais Noh (tambor japonês). Shonosuke debutou no palco com a idade de 9 anos. Além de atuar nos tradicionais palcos Noh, ele colaborou com vários artistas no Japão e no exterior. Ele é um produtor cultural que promove a maravilhosa cultura japonesa no exterior.

Desde a partida de Genebra em janeiro, o TAG Heuer Tesla viajou até a Basileia, Mônaco, Milão, Budapeste, Varsóvia, Moscou, Deli, Pequim, Xangai, Tóquio, Los Angeles, Miami e Nova Iorque - sem dúvidas, a mais longa viagem já empreendida por um veículo completamente elétrico. Depois de Londres, o carro seguirá para Paris, onde vai haver um evento de encerramento à guisa de uma memorável noite de celebração.

{$content}