BIOGRAFIA

Maria Sharapova

Aos 4 anos de idade, Maria escolhe uma velha raquete de tênis Dunlop como melhor amiga Aos 5 anos, seu talento já era evidente para Martina Navratilova, que durante uma sessão de treino em Moscou lhe deu um conselho muito útil: ir ao centro de treino de Nick Bollettieri nos EUA. Depois de ter juntado dinheiro, o pai de Maria consegue levar a jovem para as quadras da Flórida para treinar com um treinador da equipe Bollettieri. A ascensão de Maria Sharapova como estrela do tênis internacional começa então aos 7 anos de idade.

 

"Quando fui para os EUA, não foi fácil para mim", explica Sharapova. "Eu não vi a minha mãe durante 2 anos e mal via meu pai. Eu morava num dormitório e tinha que me virar sozinha, sacrifiquei muitas coisas." Apesar de ser jovem, Maria já sabia que para ser campeã não basta ter talento.

 

Já campeã júnior, Maria Sharapova entra, aos 14 anos de idade, no circuito profissional. Depois de entrar no ranking WTA em posição 532, em 2002, ela ganha o campeonato de Wimbledon apenas dois anos mais tarde – sendo nada menos do que a 3° jogadora mais jovem e a primeira russa a ganhar esta competição. Em 2005, Maria alcança o primeiro lugar, e será a primeira mulher russa a alcançar esta posição. Ele ganha um segundo título de Grand Slam, em 2006, no Campeonato US Open. Apesar de uma lesão crônica no ombro que prejudicou sua temporada de 2007, Sharapova se recuperou e ganhou seu terceiro Grand Slam, o título do Open da Austrália, em 2008.

 

Mas a lesão no ombro, um rompimento do manguito rotador, ressurgiu, forçando-a a deixar de lado a sua raquete durante quase um ano inteiro. Claro que Maria Sharapova não ia deixar uma simples cirurgia atrapalhar seus objetivos. Ela volta então para as quadras em 2009 na posição 126 do ranking WTA e desde então lutou para voltar ao segundo lugar, ganhando seu quarto Grand Slam, o Open da França em 2012, e uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres. "Minha força e determinação vêm do meu sangue russo", admite Maria. "Eu não fiquei seis horas por dia treinando debaixo do sol da Flórida aos nove anos de idade para nada."

 

Sharapova não só simboliza os valores TAG Heuer de paixão e performance, mas também possui naturalmente glamour e elegância. Isso se traduz em sua escolha de acessórios, como os óculos de sol Tag Heuer que ela ajudou a desenhar, e seu relógio Formula 1 Lady Ceramics. Para Maria Sharapova, bem como para a TAG Heuer, estilo e essência são indissociáveis.

.

{$content}