KEI NISHIKORI UM GUERREIRO DISTINTO

UMA ESTRADA ÚNICA PARA O SUCESSO

"Bater recordes não é uma questão de sorte. Bater recordes demanda trabalho duro e dedicação."

Antes de Kei Nishikori, o tênis era uma curiosidade exótica no Japão, dificilmente jogado, raramente assistido.

Então veio Air K, e tudo mudou. Um prodígio aos 6 anos, aos 18 ele tornou-se o mais jovem tenista entre os top 100 da ATP, e, este ano, no auge dos seus 24 anos, o primeiro asiático a disputar uma final de Grand Slam. A nova, sorridente e bonita cara do tênis no Japão tem uma legião de fãs que atravessa o mundo porque Kei tem tudo: notável velocidade na quadra, um backhand prodigioso, tacadas de fundo de quadra e saques devastadores. Mas o que verdadeiramente o diferencia é sua força mental, sua habilidade de reagir a contratempos e de nunca sucumbir à pressão.

...COMO A TAG HEUER

Ao raciocinar mais rápido que seus oponentes, Kei Nishikori constrói a sua trajetória vitoriosa no Tênis.
2014 é o ano de todas as conquistas para o melhor jogador japonês de todos os tempos. Como a TAG Heuer, ele é determinado e não sucumbe à pressão. Seu pai deu a ele sua primeira raquete quando ele tinha cinco anos. Aos seis anos, a força da sua tacada e a extrema precisão do seu saque chamaram a atenção da elite do tênis japonês.

O jogo estava em baixa no Japão, amplamente eclipsado pelo beisebol e pelo futebol. Esse menino ligeiro seria capaz de reavivá-lo? Aos 11 anos ele havia ganho três vezes o título da sua categoria e foi o campeão do All-Japan Junior Tennis.  Então, aos 14 anos, não querendo comprometer a sua individualidade e se conformar à mentalidade rígida do sistema esportivo japonês, ele mudou-se para a Flórida para treinar com os melhores do mundo. Ele não foi o primeiro jogador japonês a fazer isso, mas ele foi o primeiro a não apenas lidar com a pressão, mas a crescer com ela. Sucederam-se diversas vitórias, primeiro nos juniores, e, em 2007, nos profissionais.  Então vieram as lesões, uma após a outra, algumas exigindo cirurgia; contudo, cada vez, ele fez de tudo para voltar a sua melhor forma. No Aberto dos Estados Unidos desse ano, ele jogou intensamente partidas difíceis, sob um sol escaldante, vencendo três dentre os jogadores líderes, incluindo o tenista Número 1 Novak Djokovic. O que o motivava naquele momento é o que ainda o motiva: o desejo de ser o melhor atleta asiático de todos os tempos, e o tenista Número 1 do mundo. Estamos apostando que ele chega lá, como a TAG Heuer, Kei Nishikori é um desbravador de caminhos, um inovador que não enxerga limites, que se esforça ao extremo e que, não importa o que aconteça, nunca sucumbe à pressão.

SAIBA MAIS

OUTROS EMBAIXADORES

Há mais de 150 anos a TAG Heuer tem encarado cada desafio, e superado todos eles. Desafiando convenções da relojoaria suíça consagradas através dos tempos, ela as elevou a níveis cada vez mais altos de precisão e desempenho. Ela faz suas próprias regras, escolhe seu próprio caminho, nunca desiste de avançar, nunca cede, nunca sucumbe à pressão, assim como seus embaixadores.