JIMI HENDRIX O DEUS DA GUITARRA

UMA ESTRADA ÚNICA PARA O SUCESSO

"Se sou livre, é porque estou sempre correndo."

Antes de Jimi Hendrix, tocar guitarra era um caso inofensivo — uma mão com a palheta, a outra dedilhando e tocando as cordas

Jimi virou ela de cabeça para baixo, tocando com os dentes, nas costas e colocando fogo nela — assim como fazia rock 'n roll — mudando para sempre a trajetória da música. As exigências que os negócios puseram sobre ele foram intensas, mas ele se manteve fiel a sua arte. Apenas a música importava.

...COMO A TAG HEUER

Jimi desafiou as convenções e confrontou a sociedade, assim como a TAG Heuer desafiou a imagem clássica do relógio de cavalheiros
Seattle, 1942; Londres, 1970: em 27 curtos anos ele levou seu instrumento — e sua vida — ao limite. Nos últimos quatro, ele começou uma revolução. Nada de músicas inocentes e fáceis de ouvir; a dele era indefinida, um estrondo suave de retorno arrebatador - faixas sinfônicas de um som cru como jamais se havia escutado antes...

O som da euforia e o ruído da total felicidade, era a música da liberdade e ela se tornou a trilha sonora de uma era. Jimi desenvolveu um nível de virtuosismo que eclipsou todos os guitarristas anteriores e posteriores, levando a experimentação eletrônica a um novo estágio. Que ele professava mais do que qualquer um no planeta, não era o que o distinguia, nem trajar calças de veludo e coletes cravejados de pedras preciosas, quando todo mundo usava jeans e camisetas. Ou que, sendo um afro-americano com um quarto de sangue Cherokee, ele transcendia raças em um país que se debatia com direitos civis. O ponto é que ele virava as coisas de cabeça para baixo. Literalmente. Como a Stratocaster para destros, que ele virou ao contrário, reordenando as cordas para tocar com a canhota. Como o Star Spangled Banner, com que ele encerrou Woodstock, um tema patriótico transformado em um icônico hino pacifista. Como a TAG Heuer, ele foi um desbravador que recusava limites e que, não importava o que fosse, jamais sucumbia à pressão. 

SAIBA MAIS

EMBAIXADORES

Há mais de 150 anos a TAG Heuer tem encarado cada desafio, e superado todos eles. Desafiando convenções da relojoaria suíça consagradas através dos tempos, ela as elevou a níveis cada vez mais altos de precisão e desempenho. Ela faz suas próprias regras, escolhe seu próprio caminho, nunca desiste de avançar, nunca cede, nunca sucumbe à pressão, assim como seus embaixadores.