BIOGRAFIA

Jenson Button

Em 2010, Jenson juntou-se à equipe Vodafone McLaren Mercedes, depois de ganhar o Campeonato Mundial no ano anterior. Desde então, ele tem contribuído bastante para o sucesso da equipe de F1, marcando 214 pontos em sua primeira temporada, ajudando sua equipe a tornar-se vice-campeã mundial de construtores e conquistando o título de vice-campeão mundial em 2011, com 270 pontos. Ele até realizou algumas performances incríveis como no Canadá, em 2011.

 

Como muitos pilotos, Jenson começou sua carreira de piloto nas pistas de kart. Ao contrário da maioria dos pilotos, ele se tornou o mais jovem campeão europeu da Super A, aos 17 anos. Depois de brilhar na série britânica de Fórmula 3, em 2000, sua entrada na exclusiva família da Fórmula 1 parecia inevitável. 

 

Mas o primeiro ano de Jenson na F1 não foi nada fácil, com trocas freqüentes de equipe e transferência de proprietários, colocando à prova os limites de sua concentração e a sua capacidade de adaptação. Apesar de tudo, ele conseguiu uma vitória para sua equipe Honda na Hungria, em 2006 - a primeira desde 1967 - e sua primeira vitória no Grand Prix. Mas quando a Honda saiu em 2008, Button ficou sem carro para a temporada de 2009. Felizmente, uma operação de compra de última hora deu-lhe uma equipe - Brawn GP - e o carro para continuar. Uma prova do talento e do foco de Button, ele ganhou o campeonato de 2009 de F1, silenciando os críticos.

 

Jenson Button usa o Cronógrafo Automático Tag Heuer Carrera Calibre 1887 - uma evolução do século 21 do Tag Heuer Carrera 1964 desenhado por Jack Heuer. O Calibre 1887 é um movimento mecânico altamente sofisticado produzido no ateliê da TAG Heuer, nas montanhas suíças do Jura. Batendo, de forma impressionante, 28.800 vezes por hora, o Calibre 1887 é um movimento de 39 joias composto por 320 componentes, todos trabalhando juntos de forma excepcional para máxima precisão.